Após registrar o software Controle de Transportadoras junto à Bsoft, é preciso realizar as primeiras configurações no sistema.

Inicie com o cadastro da sua Transportadora como Empresa Principal, definição do Certificado Digital e do Ambiente de Emissão para os Conhecimentos e Manifestos.


Para configurar os dados da sua Empresa, acesse o menu Cadastros | Cadastro de Empresas.

Por padrão, o sistema já possui a Empresa 001 cadastrada, sendo assim, clique no botão "Alterar" e realize o preenchimento dos seguintes dados na aba Parâmetros Gerais:

  • Razão Social, Endereço/Logradouro, Número, Complemento, Bairro, Código do IBGE, Cidade/UF (clique na lupa do campo "Cód. IBGE" e localize a sua Cidade), CEP, Telefone, Tipo, CNPJ / CPF, Inscrição Estadual (preencha apenas com números), RNTRC (Registro Nacional de Transportadores Rodoviários de Cargas), TAF (Termo de Autorização de Fretamento), Número do Registro Estadual e Regime Tributário.


É importante ressaltar que o TAF é utilizado para transportes interestaduais e o Número do Registro Estadual é utilizado para transportes estaduais.😉



Ao finalizar o preenchimento das informações, o Logotipo da sua Empresa pode ser adicionado nesta mesma aba, através do botão "Adicionar Imagem".

O Logotipo configurado é utilizado nas impressões do DACTE (Documento Auxiliar do Conhecimento de Transporte Eletrônico), do DANFE (Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica), do DAMDFE (Documento Auxiliar do Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais) e nos cabeçalhos dos relatórios do sistema.

  • Podem ser adicionadas imagens nos formatos JPG ou BMP.



O Contador da Empresa deve ser cadastrado para que seja possível gerar o SPED através do sistema. Para poder cadastrá-lo, é necessário ter em mãos o CRC.


Para realizar este cadastro, clique no botão de adição do campo "Nome" no quadro Dados do Contador e, na tela aberta, selecione o tipo de Pessoa "Física", realizando o preenchimento dos dados em seguida.

Para adicionar o CRC ao cadastro, clique na sub-aba Atributos, selecione o grupo "Dados Adicionais" no menu do botão "Incluir" e insira o valor no atributo "ATRI_CONTADOR_CRC".



Na aba Módulos | Integrações, há a opção "Integrar os Lançamentos das Ocorrências do Conhecimento com o Módulo Online Localiza Carga".

Caso tenha adquirido o módulo do Localiza Carga, pode habilitar esta opção, se não, mantenha-a desmarcada.

Na aba Documentos Fiscais Eletrônicos, selecione a opção "Localizar" no menu do botão "Certificado", para selecionar o Certificado Digital que será utilizado nas Emissões de Conhecimentos, Notas Fiscais e Manifestos.

Na tela de Certificados Digitais, é possível armazenar o Certificado A1 diretamente no banco de dados do sistema, ou selecionar um Certificado Digital que está instalado na máquina.

   



Em seguida, configure o Ambiente de Emissão (se "Produção" ou "Homologação") para a Emissão de CT-e, NF-e e MDF-e.

Caso a Secretaria da Fazenda do seu Estado exija a Emissão em ambiente de Homologação para o processo de credenciamento, configure-o no campo "Ambiente".

  • Se a sua Empresa já estiver credenciada, altere a opção do campo "Ambiente" para "Produção".

Também é possível definir um Diretório para salvar o XML e o PDF do DACTE, DANFE e DAMDFE através dos campos correspondentes.


É importante ressaltar que a SEFAZ disponibiliza dois ambientes para a Emissão de Documentos Fiscais: Homologação e Produção.

Homologação: ambiente de testes, onde os documentos não possuem validade fiscal;

Produção: os documentos emitidos neste ambiente possuem validade fiscal.



Confirme o cadastro da Empresa Principal e, caso possua Filiais, adicione-as clicando no botão "Incluir".




Não encontrou o que precisava? Clique aqui para solicitar atendimento ao nosso Suporte Técnico.

Horário de Atendimento (Horário de Brasília):

Segunda a Sexta: das 8:00 às 18:00 (exceto feriados| Sábado: das 8:00 às 12:00.




  • No labels